segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Quem veio primeiro? Deus ou o homem?

O homem das cavernas tinha como deuses tudo aquilo que julgava ser mais poderoso que ele próprio e que um dia sonhavam derrotar. Isso é retratado nas suas pinturas em cavernas. Desenhos de figuras humanas lutando contra mamutes, tigres e outros animais. Sim, esses eram seus deuses e esse foi o início da criação de Deus pelo homem.

Com um intuito ligeiramente mais evoluído que os seres humanos da idade das pedras, os gregos criavam mitos e deuses pra explicar o que não entendiam. Levando em consideração que a Grécia foi o berço da filosofia e astronomia, não entender e não poder explicar aquilo que viam na natureza devia ser intrigante.

A religião no Antigo Egito era ainda mais intensa, a final o regime de governo teocrático já dá noção de como ela era influente em suas vidas. O faraó era o deus vivo na terra e todos deveriam adorá-lo.

Por fim, o cristianismo. Em um misto de gana pelo poder e querer explicar o inexplicável, constrói-se o maior império de toda humanidade com um único e imortal rei. Império tão poderoso que foi capaz de tentar combater as religiões pagãs do mundo. O ostracismo intelectual/cultural da Idade Média, a Santa Inquisição e a Contra Reforma são exemplos de poder da criatividade humana. Como? Um livro, o maior Best-seller de todos os tempos. A bíblia.

O homem não é uma máquina. Não existe uma programação, na nossa concepção, que determina o que seremos e faremos ao longo da existência. Nem todos, mas os mais notáveis o mínimo possível, são dotados de criatividade que muitas vezes está a frente do seu tempo. Isso já comprovado nos primórdios, com pinturas rupestres, passando pela era clássica com os gregos, a antiguidade com os egípcios e até hoje. Todos eles. Sua arte, sua história, sua vida era voltada a ela, e principalmente eles. Religião e seus deuses. Por enaltecer tanto a mente humana, defendo ferrenhamente que toda e qualquer divindade seja fruto de sua criatividade. Cada civilização com seus propósitos diferentes. Pra mim não é difícil acreditar que algo nos criou. É impossível.

5 comentários:

Clarissa disse...

Só li o título e algumas palavras do 1° parágrafo.
Deus veio primeiro, e Ele criou a terra e depois criou o homem, vc pode ler isso no 1° livro da Bíblia, Gênesis, na 1° página desse livro.
Esse é o único Deus de verdade, o que enviou Jesus a terra.
Esses outros deuses não fazem nada, e não passam de entidades demoníacas pra confundir as pessoas, lógico que elas tem opção de escolha, entre escolher o Deus verdadeiro, e os imitadores que nada são, mas essa escolha só faz a pessoa se afastar mais ainda do Deus que tudo criou.
Jesus provou que é Deus quando morreu,ressucitou depois de 3 dias, e subiu aos céus em carne e osso, ou seja, Ele vive. Ninguém mais fez isso. E Deus é eterno, nunca acaba!
Ah! Vale lembrar que vc pode ouvi-lO, falar com Ele, senti-lO! Vc pode tentar, fica a vontade! :)

Rafael Vilela disse...

Respeitaria sua opinião se ela viesse carregada de argumentos seus contra meus. Mas essa chorumela religiosa de bíblias e afins não me interessa em nada.

Weuller Rogério disse...

Rafael,

Quando você nega a importância da bíblia, você nega a existência de algo superior em nosso universo.

Coelhinho da Páscoa, Papai Noel, Bicho Papão e Emo Hetero, por exemplo.

Favor respeitar o folclore cristão.

Nakarla! disse...

Rafew não adianta descutir com fanaticos religiosos,sem mas!
risos.

João Paulo disse...

Quem criou quem? Deus é uma criação do homem, a vida, quem cria é o universo. Mas de certa forma, a alienação é uma dádiva, há quem diz que a ignorância é sinônimo de felicidade, afinal, pode ser difícil lidar com o conhecimento, mas como parte de um todo, queiramos bem ao todo.