domingo, 25 de julho de 2010

Prepare-se para o pior.

Talvez você tenha ouvido falar disso há pouco tempo. Sabia que isso existia, mas não imaginava que tinha um nome. É aceitável, pois coisas tão idiotas assim normalmente não têm nome. É o famoso bullyng.

Bulling nada mais é que uma espécie de violência física ou psicológica praticada por algum indivíduo contra alguém que não pode se defender. Bully, em inglês, quer dizer valentão. São os tão retratados valentões das escolas que abusam dos nerds, negros, gordos etc.

Já não bastasse o projeto de lei que proíbe os pais de dar palmadas nos filhos, agora esse assunto está sendo largamente discutido e até criaram uma lei anti-bullyng. Algo nisso preocupa. O que o mundo irá se transformar quando essa geração extremamente protegida tomar o poder?

Desde que eu me lembre, eu sempre sofri de alguma forma bullyng na escola. Eram valentões bravos por causa de suas namoradas, querendo roubar meu lanche, andar na minha bicicleta entre outras coisas. E, pelo que eu saiba, nunca tive problemas psicológicos, nunca quis me isolar do mundo e muito menos saia chorando pra alguém. Eu procurava era me virar e contornar a situação. E conseguia, da minha forma, sem usar de violência, pois com 10 anos eu tinha a força de um coelho.

É isso que vai faltar daqui 40 anos se isso continuar. Vão faltar pessoas com pulso, que saibam se virar em um mundo onde leis não são seguidas por todas. Essa geração de fracos e frescos atual vai se multiplicar e, seus filhos, os protegidos por lei serão cada vez mais fracos.

4 comentários:

Marcelo "Demuloc" Arnas disse...

EH isso ai Rafew..cada vez mais dodói essa mulecada...."bando de cagão de merda", como diria o Dunga kk

As Crianças 2010 disse...

shuhsushsauashsa verdade, se apanhava e não virou um fresco, eu batia num virei um fresco tbm, isso tem que continuar,viva aos valentões que tornam os fracotes em homens hsuasuhuhsausashasauhsa

Rafael Vilela disse...

Eu nunca apanhei. Eu sempre dava um jeito de contornar a situação. Sabe o Timon e Pumba? Pois é, eu era o Timon hehehehe

Felipe disse...

Muito bom texto cara. Te vi na discussão sobre Bullying na comu do Verdão. Aora estou seguindo seu blog!